Atualidade

ARSLVT deixa região de Lisboa sem urgência nocturna oftalmológica

- publicidade -

A denúncia parte da Ordem dos Médicos e do Colégio de Oftalmologia da Ordem dos Médicos, num comunicado, onde indicam que «tomaram conhecimento de uma decisão da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) que determina que toda a região de Lisboa fique sem urgência noturna de oftalmologia no período entre as 20h00 e às 08h00».

Este serviço funcionava até agora no Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (CHULN) e/ou no Centro Hospitalar Universitário Lisboa Central (CHULC).

«Isto significa que de noite deixa de haver qualquer urgência polivalente de oftalmologia aberta, desde o Algarve até Coimbra.»

Segundo o comunicado «de acordo com a informação enviada pela ARSLVT aos hospitais, ‘durante o período das 20h00 às 8h00 não haverá atendimento de doentes externos, sendo que estes doentes serão observados no dia seguinte nos hospitais da sua área ou, caso isso não seja possível, serão enviados durante o período diurno para o CHULN e para o CHULC, consoante as suas respetivas áreas de referenciação’.»

A Ordem dos Médicos e o Colégio de Oftalmologia consideram esta decisão administrativa inaceitável, «porque deixa sem uma resposta diferenciada de prontidão e de qualidade toda a zona sul do país».

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui