Mobilidade

Arrancaram obras na Linha de Cascais que vão atrasar três anos em relação ao planeado

- publicidade -

Começaram esta terça-feira as obras na via e na catenária que serve a Linha de Cascais. A consignação da obra à empresa espanhola Comsa e à portuguesa da Fergrupo, por 31,59 milhões de euros, é assinalada na estação de Cascais com a presença do ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, mas deverá ficar pronta com três anos de atraso.

Isto porque os trabalhos vão ser consignados depois de o contrato com a Comsa e a Fergrupo ter obtido o visto prévio do Tribunal de Contas. O prazo das obras é de 730 dias, ou seja, dois anos. Se não se registarem mais atrasos, os trabalhos deverão ficar prontos no final de 2024.

Recorde-se que quando estas obras foram calendarizadas, ao abrigo do plano Ferrovia 2020, o prazo de conclusão dos trabalhos era o último trimestre de 2021.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *