Apresentações trissemanais para homem detido no Montijo por condução perigosa e furtos

Um homem de 26 anos foi detido depois de fugir a uma operação STOP no Montijo, vindo a verificar-se que conduzia sob o efeito do álcool um carro furtado e que já tinha antecedentes criminais.

0
884

O homem que no dia 7 de Fevereiro foi detido em flagrante pela GNR por condução perigosa sob o efeito do álcool, na localidade do Montijo, num veículo que tinha furtado, foi presente ao Juízo de Instrução Criminal do Barreiro, onde lhe foi aplicada a medida de coação de apresentações trissemanais, no posto policial da sua área de residência.

A detenção do homem de 26 anos ocorreu durante uma operação de fiscalização de rodoviária, depois deste não ter obedecido a uma ordem de paragem dos militares e colocando-se em fuga.

Os militares de imediato foram no encalço do veículo, que culminou na sua interceção, tentando ainda o condutor encetar uma fuga apeada, que durou escassos metros, até ser detido, referem o Comando Distrital em comunicado.

Após algumas diligências, os militares verificaram que o veículo tinha sido furtado durante a madrugada, na localidade da Moita, tendo na ignição uma chave falsa, vulgarmente designada por “gazua”.

No local onde o veículo foi furtado, foram detetados diversos veículos com danos, presumivelmente originados por tentativas de furto sem êxito, sendo ali recuperado um outro veículo, que havia sido furtado na localidade de Vialonga.

O condutor ao ser submetido ao teste de alcoolemia, acusou uma taxa crime de álcool no sangue, superior a 1,2 gramas/litro.

O suspeito, com antecedentes criminais pela prática de furtos qualificados e roubos agravados, permaneceu detido nas instalações do Posto Territorial de Montijo, até ser presente, no mesmo dia, a primeiro interrogatório judicial, que determinou as apresentações trissemanais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome