DestaqueLisboa
Em Destaque

Apoiantes do juiz negacionista de Odemira detidos esta tarde em Lisboa

O juiz Rui Fonseca e Castro foi ouvido esta tarde no Conselho Superior de Magistratura sobre o caso de negar fazer julgamentos sem máscara. Apoiantes aguardavam à porta do CSM pela decisão, acabando por haver distúrbios e a PSP a deter manifestantes que estavam sem máscara.

- publicidade -

A PSP deteve um total de 12 pessoa que se manifestaram a favor do juiz Rui Fonseca e Castro, que foi ouvido no Conselho Superior de Magistratura devido a um episódio que protagonizou numa audiência no Tribunal de Odemira.

O juiz que é conhecido pelo negacionista da pandemia de Covid-19, foi ouvido esta tarde de sexta-feira. Segundo a PSP, os participantes presentes foram alertados pelos agentes para cumprirem as normas em vigor da pandemia Covid-19, havendo pessoas sem máscara e sem distanciamento físico.

Após vários avisos por parte da PSP, através de um sistema sonoro, as autoridades procederam à detenção de cerca de uma dezena de cidadãos que estão acusados de desobediência e resistência à ordem de dispersão e agressão.

Os detidos vão ser presentes a juiz para conhecerem as medidas de coação.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui