País

Apetro garante reforçar abastecimento de combustíveis perante aviso de greve do SNMMP

publicidade

A Apetro – Associação Portuguesa de Empresas Petrolíferas já veio a público demonstrar a sua apreensão perante a perspetiva de ‘perturbação’ que a nova greve marcada para dia 23 de Maio pelo Sindicato dos Motoristas de Matérias Perigosas poderá «trazer ao normal funcionamento das empresas e das famílias».

Contudo, António Comprido, secretário geral da Apetro afirma ao jornal Eco que esta é uma postura que «respeita em absoluto o direito à greve e às posições das partes envolvidas no conflito» e garante que a «Apetro está a trabalhar com as entidades competentes no sentido de melhorar a coordenação e gestão da crise».

Questionado sobre sobre a forma como as petrolíferas se estão a preparar para enfrentar a paralisação anunciada para 23 de maio, o secretário-geral da Apetro diz estar a «trabalhar com as entidades competentes no sentido de melhorar a coordenação e gestão da crise» e que, tal como já fez na anterior paralisação, irá reforçar os abastecimentos dos postos.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui