Crime
Em Destaque

‘Apagão informático’ coloca ex-deputada do PAN com TIR na justiça

A ex-deputada está com TIR

- publicidade -

O Ministério Público constituiu a ex-deputado do PAN Cristina Rodrigues arguida no processo do ‘Apagão informático’ aos sistemas informáticos do PAN. O partido acusa a ex-deputada de invasão e eliminação de emails, na queixa de acusação, o partido diz ter perdido trabalho desenvolvidos em quatro anos pelo PAN e que desapareceram por culpa de Cristina Rodrigues.

A ex-deputada está acusada de um crime de dano relativo a programas ou outros dados informáticos, o MP já fez saber que vai acompanhar a queixa de acusação e a arguida fica assim sujeita a termo de identidade e residência.

O que aconteceu?

Foi a 24 de junho de 2020 que tudo terá acontecido, nesse dia o PAN terá percebido que alguém teria acedido de forma ilegítima ao correio eletrónico da secretária de ação jurídica do partido e terá eliminado grande parte de emails.

Em agosto do mesmo ano terá feito queixa-crime contra desconhecidos.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *