Parceiros
Mundo

Anonymous apela ao boicote a produtos da Nestlé

- publicidade -

Depois da maior parte das empresas internacionais terem anunciado a saída ou o corte dos investimentos na Rússia, na sequência da invasão das tropas à Ucrânia, as que não tomaram essa decisão estão a ser alvo das críticas dos cibernautas.

A Auchan, Decathlon e Leroy Merlin são empresas que mantêm as suas lojas abertas, mas também a Nestlé continua a manter a cadeia de distribuição na Rússia.

E esta sexta-feira é a organização Anonymous que denunciam que a empresa se recusa a interromper as suas relações com a Federação Russa e apela ao boicote.

Através da conta de Twitter a Anonymous deixa a mensagem: «A Nestlé permanece na Rússia, pagando taxas ao governo russo, e dando dinheiro a Puti para matar civis e crianças na Ucrânia», acompanhada de uma imagem em que classifica a empresa com símbolos nazis.

Noutro tweet, o grupo deixa uma lista dos produtos comercializados pela empresa, com a mensagem «Não comprem produtos da Nestlé».

Conforme informação da Bloomberg, embora a Nestlé tenha cancelado os anúncios, investimentos de capital e o envio de bens não essenciais para a Rússia, mantém o envio de bens essenciais como comida para bebé.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário