AtualidadeAutárquicas 2021

André Ventura acusa ‘comunidade cigana’ por vaias em Moura

- publicidade -

«A comunidade cigana mobilizou-se ontem à noite para tentar impedir o comício do CHEGA em Moura, distrito de Beja. Não tinham autorização para ali estar e podiam ter provocado uma grave situação de confrontos na via pública. Não conseguiram! Venceu o bem e a democracia!».

É desta forma que André Ventura, presidente do Chega, classificou a situação que teve lugar esta sexta-feira à noite, durante a apresentação da candidatura do partido às eleições autárquicas em Moura.

Durante a cerimónia de apresentação oficial dos candidatos do partido, André Ventura foi recebido na Praça Sacadura Cabral, em Moura, por um grupo de cerca de meia centena de manifestantes que exibiram cartazes com a palavra ‘fascista’, termo com que também brindaram quem ia intervindo no palco.

A equipa das Brigadas de Intervenção do Comando de Beja da Polícia de Segurança Pública, dispersou o grupo, por ser uma contra-manifestação não autorizada.

Não se registou qualquer tipo de incidente entre os manifestantes, quer com a autoridade, quer com os apoiantes do Chega.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo