Opinião

Análise Política semanal

Uma crónica de João Condelipes

A Polícia Judiciária entrou esta semana na sede da Presidência do Conselho de Ministros e está a fazer buscas em vários postos de trabalho, sendo o alvo principal da operação o próprio secretário-geral, David Xavier, que está sob suspeita de corrupção e outros crimes associados à violação de regras de contratação pública a empresas privadas, de bens e serviços para o Governo.

Em causa, mais concretamente, o secretário-geral da presidência do Conselho de Ministros, é suspeito de obter benefícios pessoais, através de subornos, na aquisição para o Estado de sistemas informáticos a uma determinada empresa do norte do país, em ajustes diretos que alegadamente violam as regras de transparência.

A atual Ministra Socialista, Ana Abrunhosa, antiga militante do PSD, mudou-se para o Largo do Rato. Agora, está explicado o porquê?

“a Mesa da Comissão da Coesão Territorial para averiguar se vai ser executado o pedido do PS, que exigiu que sejam apagadas as gravações e os registos de atas com o repto do partido para que a ministra Ana Abrunhosa apresente a sua demissão.”

O empresário António Trigueiros de Aragão, marido de Ana Abrunhosa, recebeu 200 000€ de fundos comunitários, através de uma empresa que criou 15 dias antes, dessa atribuição. Nessa mesma sociedade, António Trigueiros de Aragão, tem como sócio, o empresário chines Zhu Xiaodong, que 4 meses antes, tinha sido condenado por corrupção pelo Tribunal da Relação de Lisboa, tendo sido dado como provado, o suborno do antigo Presidente do Instituto dos Registos e Notariado, á comunicação social, Aragão disse “esse senhor é meu amigo e continuará a ser”.

Passados 24 Anos, o mesmo partido, anuncia a mesma obra. Convém alertar o país, que a quando do primeiro anúncio da obra infra, o mesmo, antecedeu uma banca rota desse mesmo partido (sempre pelo PS).

Oxalá, a história não se repita…

Qual a posição oficial da C. M. de Alcochete. Ou como na temática do Aeroporto, também estão a aguardar autorização do Chefe, para terem autorização para ter uma opinião.

Na última Assembleia de Freguesia do Samouco, realizada em 27/9/2022, ficou a saber-se, pela voz do atual executivo, que os três funcionários da Junta, duas assistentes técnicas e um assistente operacional, que as suas últimas avaliações efetuadas no âmbito do SIADAP, datavam de 2011?

Depois do executivo comunista, então na governança, após as eleições de 2021 e antes da tomada de posse, foram então realizadas as respetivas avaliações bianuais, num dia só?

Tudo de uma vez, de 2012 a 2021, nesses dez anos, não lhes foram traçados objetivos, nem nunca a sua carreira foi revista em função da pontuação obtida resultante do desempenho.

Á data de hoje, o executivo atual, questiona se estão bem integrados na posição remuneratória das respetivas carreiras e categoria, porque perderam pontuação. Em suma, nunca foram requalificados durante dez anos, nunca mais recuperam o que perderam, daqui até à aposentação, as pessoas tem de ter avaliação bianual para se fixar objetivos, diagnosticar necessidades de formação e distinguir o seu eventual mérito ou excelência do serviço prestado.

Mas não a tiveram, fala-se tanto na defesa dos trabalhadores e depois tomam-se estas tristes decisões, que redundam no seu prejuízo, uma incompetência tremenda, nos sucessivos executivos Comunistas.

É lamentável, assistir a uma situação destas, numa autarquia do concelho, os funcionários da Junta, tiveram dez anos sem avaliação, nos termos do Sistema Integrado de Avaliação da Administracao Pública!

Não se entende, trata-se apenas de incompetência e laxismo, nada mais, lastimável…

No passado dia 28/09/2022, fui assistir in loco, á reunião da Freguesia de São Francisco, já que os fregueses dessa mesma freguesia, estão inibidos de assistir á mesma, em direto ou á posteriori via on-line, porque o Sr. Presidente da Junta, considera o esclarecimento dos seus fregueses, uma não prioridade, ouvi na primeira pessoa. A mesma, começou com um largo atraso, com a sala repleta de Socialistas, constatei, que os pró-formas a que o órgão obriga, como os cumprimentos aos presentes, são somente respeitados pela a eleita do PSD, D. Isabel Ferraz, com a conivência da Presidente da mesa. Tendo mais uma vez o assunto da transmissão on-line da reunião de Freguesia, ter sido levantado por uma bancada da oposição, e bem, o edil de forma não negociável, rapidamente replicou de forma inequívoca, que o mesmo tem o custo anual de 1400€, e que o mesmo, não é uma prioridade?

Pois Sr. Presidente, a democracia tem essas particularidades chatas, permite a avaliação constante do executivo, que ao senhor não lhe interessa…

De forma um quanto ao pouco atabalhoada, percebi que o mesmo, decidiu de forma unilateral, que irá auferir cerca de 600€ mensais, a termo de ocupação parcial, e que outro valor, que não consegui registar, será recebido de forma rotativa, entre os restantes membros, daquele órgão colegial, sendo que a atual Presidente da mesa, confirmou o seu primeiro recebimento.

A quando da intervenção do público, um corajoso freguês, teceu duras críticas ao atual Presidente da junta, relativamente ás ervas no espaço público, e ao risco de incendio, em determinadas zonas da Freguesia.

Conforme está também plasmado nas regras aplicáveis a este órgão colegial, o Sr. Presidente da Junta de Freguesia de São Francisco, não espera pelo seu tempo de direito de resposta, e atropela o freguês verbalmente, com as suas verdades, no final pedindo desculpa ao freguês em questão, e bem, tudo com a conivência da Presidente da mesa.

Sr. Presidente da C.M.A, Sr. Fernando Pinto, para quando uma democracia plena, extensível a todo o concelho de Alcochete, estamos a referir-nos, segundo o Presidente da Junta, a 1400€? Também a si, não lhe interessa, no entanto, fica o meu registo na primeira pessoa, de factos que são somente, lamentáveis e evitáveis

Aos fregueses de São Francisco, para memória futura, quando atribuímos maiorias absolutas a Socialistas, como se verifica diariamente a nível nacional, temos que nos adaptar a estas pequenas premissas, no entender dos seus eleitos, o PS e o Estado, são a mesma coisa…


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *