Quantcast Choice. Consent Manager Tag v2.0 (for TCF 2.0)
Sociedade

Ana Leal anunciou saída da TVI e garante que reportagens ‘incomodaram poderes e intocáveis’

- publicidade -

A jornalista da TVI, Ana Leal, anunciou esta sexta-feira no seu perfil do Facebook que o seu vínculo profissional com a TVI terminou e admite que chorou, deixando ainda um conjunto de agradecimentos a vários colegas e amigos de profissão.

«Moro num livro envelhecido pelo tempo. Hoje abri esse livro. As imagens sucedem-se. São a minha existência. O que vi. O que senti. O que ninguém poderá contar por mim. Nomes. Lugares. Pessoas. Rostos. Expressões. Montanhas. Vales. Cores. Cheiros. Medo. Esperança. Memórias» escreveu a jornalista.

O texto, após os agradecimentos «pela fase mais feliz da minha vida enquanto jornalista, com uma frase peremptória: «Durante o programa Ana Leal emitimos cerca de cem reportagens de investigação que incomodaram poderes instalados e pessoas que se julgavam intocáveis.

Voltaria a fazer tudo da mesma forma, com o orgulho de quem não verga a nenhum tipo de pressão».

Ana Leal foi suspensa no final do mês de maio após um desentendimento com o diretor de Informação Sérgio Figueiredo, e facultou ao Conselho de Redação (CR) emails que trocou com a direção de Informação para sustentar as acusações de censura que a antiga equipa do seu programa de investigação fez ao diretor.

O canal instaurou um inquérito interno e a repórter foi alvo de um processo disciplinar, o segundo em oito anos – em 2013 foi suspensa após ter feito participação ao CR por ter sido retirada do alinhamento do ‘Jornal das 8’, pela então subdiretora Judite Sousa, uma notícia sua.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui