DesportoDestaqueSeixal

Amora FC sem alternativas: Hipótese é jogar a mais de 200 quilómetros de casa

O Amora Futebol Clube está num beco sem saída e pode mesmo ter de disputar os jogos "em casa" no Estádio do Algarve, a mais de 200 quilómetros de distância.

- publicidade -

O Amora Futebol Clube está num beco sem saída e pode mesmo ter de disputar os jogos “em casa” no Estádio do Algarve, a mais de 200 quilómetros de distância.

O Diário do Distrito apurou, junto de uma fonte conhecedora do processo, que o Estádio da Medideira não tem condições para receber jogos da Liga 3, e sabe que a Câmara Municipal do Seixal disponibilizou-se a requalificar o Complexo Municipal de Atletismo Carla Sacramento para que o Amora conseguisse jogar no concelho, mas a obra está parada e o prazo de conclusão (até outubro) não será cumprido.

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) realizou uma vistoria ao Complexo Municipal de Atletismo Carla Sacramento e não gostou do que viu. Posto isto, a solução para o Amora Futebol Clube tem de ser encontrada a mais de 200 quilómetros, no Estádio do Algarve, uma vez que no distrito de Setúbal não existem outros campos que cumpram os requisitos da Liga 3.

O Amora FC está atualmente a treinar na Sobreda (Almada) e disputa os jogos em casa do Fabril do Barreiro, no Estádio Alfredo da Silva, mas terá em breve de deixar aquele campo.

O Diário do Distrito já pediu esclarecimentos à Câmara Municipal do Seixal sobre o motivo do atraso das obras no Complexo Municipal de Atletismo Carla Sacramento e no Estádio da Medideira. Foi também contactada a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) para mais esclarecimentos. Aguardamos resposta de ambos.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo