DesportoDistrito SetúbalSeixal

Amora FC derrotado em Sacavém

publicidade

O Amora FC deslocou-se a Sacavém para a realização de um jogo em atraso do Campeonato de Portugal. Num jogo importante para ambas as equipas, que lutavam por objectivos distintos, o Sacavenense obteve três importantes pontos na luta pela manutenção e a equipa do Amora viu o sonho do playoff fugir a partir dos 60′, com o primeiro golo sofrido, perdendo por 2 a 0.

Muitos adeptos do Amora FC deslocaram-se ao Complexo Desportivo Elias Pereira, num jogo em atraso do campeonato, e viram uma primeira parte equilibrada, com o Sacavenense a ter mais posse de bola embora sem criar reais lances de golos. O Amora ia ameaçando em algumas jogadas de contra-ataque e Luís Elói esteve perto de se conseguir isolar mas falhou por muito pouco a recepção da bola. Joca também tentou ameaçar Hugo Cardoso mas depois de fugir a dois adversários, rematou por cima.

Na segunda parte vieram os golos. A equipa entrou melhor e aos 60′ Diogo Martins cobrou com sucesso uma grande penalidade após derrube em falta de Bruno Saraiva, na grande área amorense.
A equipa da Medideira reagiu ao golo sofrido e pressionou o Sacavenense mas a melhor oportunidade seria aos 75′, com Luís Elói a isolar-se, a correr para a grande área mas a ser rasteirado por Bruno Saraiva. Vermelho directo e livre muito perigoso. Do livre nada resultou mas o Amora continuou a atacar e Hugo Cardoso teve que se aplicar para evitar o empate. Aos 79′ Edi viu o vermelho após uma entrada perigosa e as equipas voltavam a jogar em igualdade numérica.

Aos 85′ Ivo Brás finalizou uma boa jogada, marcando o segundo golo e deixando o Amora a depender de uma conjugação quase impossível de resultados para ainda ter esperanças de atingir o 2º lugar.

SG Sacavenense 2 – 0 Amora FC
Campeonato de Portugal Série D 18/19 – Jornada 27
Complexo Desportivo Elias Pereira, em Sacavém

SG Sacavenense: Hugo Cardoso, João Araújo (Ivo Braz 73′), Bruno Saraiva, Diogo Duque, Bertrande Valentão, André Pires, Carlos Saavedra, Diogo Martins, Xavier Fernandes, Iaquinta (Élvis Fernandes 82′), Luís Mota (João Job 78′)
Treinador: André Rijo

Amora FC: Rui Nibra, Chico Gomes, Tiago Duque, Rúben Nunes, Miguel Pinéu (Diogo Rodrigues 45′), Johnson Juah (Edi Tavares 57′), Chris Nduwarugira, Leo Tomé (Rúben Fidalgo 68′), Jussane, Joca, Luís Elói
Treinador: Pedro Russiano

Marcadores: 1-0 Diogo Martins (g.p.) 60′; 2-0 Ivo Braz 85′

Expulsões: Bruno Saraiva 75′; Edi Tavares 79′;

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui