JustiçaSeixal

Amora | Detidos líderes de grupo de traficantes que ‘escaparam’ a prisão efectiva

- publicidade -

O Ministério Público do Seixall apresentou a primeiro interrogatório judicial quatro detidos indiciados pela prática de um crime de tráfico de estupefacientes, a que se dedicavam na zona de Amora, concelho do Seixal.

Todos os detidos actuavam como vendedores de rua, sendo que um deles assumia ainda a coordenação e distribuição de tarefas, e agiam em colaboração e a mando de outros dois arguidos também constituídos nos autos.

Os suspeitos foram detidos na sequência do cumprimento de diversos mandados de busca (domiciliária e a veículos), durante os quais foram apreendidas «significativas quantidades de produtos estupefacientes, essencialmente àqueles dois arguidos que se indicia serem os líderes da atividade lícita», refere a acusação.

Os dois arguidos que lideravam a operação tinham também um mandado de condução ao estabelecimento prisional, para cumprimento de penas de prisão efetivas (pelo crime de tráfico), que foram cumpridos.

Interrogados os outros quatro arguidos, o Ministério Público promoveu a aplicação das medidas de coação de proibição de contactos e de obrigação de apresentação periódica, medidas que foram as aplicadas pelo juiz de Instrução Criminal.

A investigação prossegue sob a direção do Ministério Público do Seixal, do DIAP da Comarca de Lisboa, com a coadjuvação da Polícia de Segurança Pública.

O inquérito encontra-se sujeito a segredo de justiça.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *