Almada

Almada: Padrasto condenado a 11 anos de prisão por violar criança durante dois anos

- publicidade -

O homem de 50 anos viveu com a mãe da vítima entre 2011 e 2012 e aproveitando-se da proximidade com a criança violou-a em pelo menos três ocasiões.

A menina foi abusada desde os 9 anos e os crimes só foram denunciados quando o agressor deixou a mãe da vítima.

O homem foi condenado uma pena de prisão de 11 anos por três crimes de violação agravada sobre menor e terá de a indemnizar em 25 mil euros.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui