Parceiros
AlmadaAtualidadeCrimeDestaqueReportagem

Almada | GNR deteve ‘cabecilhas’ de rede de tráfico e apreendeu 4400 euros em notas falsas

- publicidade -

Três pessoas foram detidas ontem, uma mulher e dois homens, após uma investigação que durou cinco meses.

Em declarações esta manhã ao Diário do Distrito, o Comandante do Destacamento Territorial de Almada, capitão Nuno Taveira, explicou que “a detenção foi feita por elementos do Núcleo de Investigação Criminal de Almada, nas localidades de Grândola e do Estoril.

A investigação permitiu concluir que estamos perante uma rede com alguma organização, e algum método de trabalho, com indivíduos que adquiriam o produto estupefaciente no sul de Espanha e faziam a viagem por via terrestre até às respectivas residências, onde procediam à venda a pequenos traficantes, que distribuíam depois o produto em várias zonas, em venda directa em Lisboa e no Porto”.

Com esta detenção, a GNR acredita “ter atingido indivíduos de um patamar hierárquico superior dentro da rede e serão agora efectuadas outras diligências com o Ministério Público, atendendo a que a rede se desenvolve para várias zonas do país”.

Foram realizadas duas buscas domiciliárias e duas buscas em veículos e foram apreendidos

3,959 quilos de haxixe e 15,865 quilos de canábis-erva “o que daria cerca de 14.000 doses individuais, o que em ‘preço de rua’ resultaria em 115 mil euros”.

Em relação aos 4.400 euros apreendidos em notas falsas, o capitão Nuno Taveira referiu que “ainda não temos dados de qual a sua origem, se estas seriam utilizadas na aquisição dos produtos estupefacientes pelos detidos, ou se foi através da venda do produto que receberam essas notas falsas”.

A operação contou com o reforço Destacamento de Trânsito (DT) de Setúbal, do Destacamento Territorial do Montijo e com o apoio da Polícia de Segurança Pública.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário