AlmadaCultura

Almada | Festival de Almada – Aucune Idée

Festival de Almada arranca amanhã com a peça Aucune Idée de Christoph Marthaler

Festival de Almada arranca amanhã com a peça Aucune Idée de Christoph Marthaler

Christoph Marthaler, renovador modesto (mas radical) do teatro musical, amante dos prazeres da vida e dos rituais familiares, dedica este espectáculo ao seu cúmplice de longa data, Graham F. Valentine, um excepcional actor e cantor escocês, de cabelos ruivos despenteados, corpo desinquieto, moldável e desdobrável, camaleónico. Trata-se de uma amizade criativa que dura desde a juventude, e que é feita de música, muitos espectáculos, muitas piadas e um certo gosto pela irreverência elegante. Aucune idée junta-os de novo, desta vez acompanhados pelo intérprete de viola de gamba e violoncelista Martin Zeller. 


Sozinhos em cena durante oitenta minutos, músico e actor são protagonistas de uma sonata íntima, executada no hall de entrada de um condomínio, uma espécie de não-lugar, de toque-e-fuga sem fronteiras muito bem definidas. Entre o irrisório e o absurdo, os ecos do mundo exterior chegam-nos sob a forma de protesto, ou de enigma. Bach mistura-se com os genéricos dos programas televisivos, num de muitos encontros improváveis. 

Esta é a quarta vez que o encenador suíço (e oboísta de formação) Christoph Marthaler se apresenta no Festival. E depois de King size, em 2015, volta este ano a abrir o certame, no Palco Grande. Em 2012 já assistíramos ao enigmático +-0, no Centro Cultural de Belém, ao passo que em 2017, no Teatro Municipal Joaquim Benite, Une île flottante foi considerado o melhor espectáculo do ano pelo jornal Expresso.

Aucune Idée – Nenhuma Ideia

Concepção e encenação: Christoph Marthaler

Interpretação: Graham F. Valentine; Martim Zeller

Dramaturgia Malte Ubenauf

Cenografia Dury Bischoff

Música Martin Zeller

Figurinos Sara Kittelmann

Assistente de encenação Camille Logoz

Som: Charlotte Constant

Luz: Jean-Luc Mutrux

Director de palco: Stéphane Sagon

Guarda-roupa: Cécile Delanoë

- publicidade -

Construção do cenário e adereços: Théatre Vidy-Lausanne

Língua: Francês. Legendado em português

Duração: 1h20m

Classificação: M/12

Théatre Vidy-Lausanne (Lausana, Suíça)

Co-produção: Festival d’Automne Théâtre de la Ville, Paris; Temporada Alta, Festival international de Catalunya Giron/Salt; TANDEM Scène nationale; Fondazione Campania dei Festival, Campania Teatro Festival; Maillon, Théâtre de Strasbourg, scène européenne; Théâtre National de Nice; CDN Nice Côte d’Azur; Le Manège, scène nationale-Maubeuge

Almada, Escola D. António da Costa Palco Grande 

Seg 22h


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.