AlmadaAtualidadeBarreirocoronavírusDistrito Setúbal

Almada e Barreiro mantêm recolher obrigatório nos dois próximos fins de semana

- publicidade -

No distrito Setúbal apenas os concelhos de Almada e Barreiro continuam na lista dos concelhos com «risco muito elevado» e vão ter de continuar a cumprir o recolhimento obrigatório a partir das 13h00 nos próximos dois fins-de-semana.

Almada e Barreiro são dois dos quatro outros concelhos na Área Metropolitana de Lisboa que se mantêm com essa classificação, no caso Lisboa e Loures.

Como o novo estado de emergência estará em vigor desde as 00h00 de quarta-feira, dia 9 de dezembro, até às 23h59 de dia 23 de dezembro, nos fins de semana de 12 e 13 de dezembro e de 19 e 20 de dezembro na AML o recolher obrigatório a partir das 13h00 apenas será aplicado nos quatro concelhos considerados de ‘risco muito elevado’ de contágio pelo covid19.

Nesses quatro municípios também continuará em vigor a obrigatoriedade de encerramento do comércio e da restauração a partir das 13h00 aos fins de semana.

São consideradas exceções os estabelecimentos de venda a retalho de produtos alimentares, bem como naturais ou dietéticos, de saúde e higiene, que disponham de uma área de venda ou prestação de serviços igual ou inferior a 200 metros quadrados com entrada autónoma e independente a partir da via pública.

Os restaurantes podem permanecer em funcionamento após o horário estabelecido para o encerramento, «desde que exclusivamente para efeitos de entregas ao domicílio ou para a disponibilização dos bens à porta do estabelecimento ou ao postigo (‘take-away’), não sendo, neste caso, permitido o acesso ao interior do estabelecimento pelo público».

Nos dias úteis, o recolher obrigatório nestes quatro concelhos vigora entre as 23h00 e as 05h00 e os estabelecimentos comerciais têm de encerrar até às 22h00.

Os restaurantes, equipamentos culturais e instalações desportivas devem encerrar até às 22h30 (estabelecimentos de restauração podem funcionar até à 01h00, mas apenas para entregas ao domicílio).

Os restantes 14 municípios da AML passam a estar no nível de ‘risco elevado’, sendo que Amadora, Cascais, Odivelas, Oeiras, Seixal, Setúbal, Sintra e Vila Franca de Xira estavam até agora no nível de ‘risco muito elevado’.

Alcochete, Mafra, Moita, Montijo, Palmela e Sesimbra já estavam no nível de ‘risco elevado’.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui