Atualidade

Airbus prepara três aviões a hidrogénio para voar sem emissões

publicidade

Airbus apresentou três novos conceitos de aviões movidos a hidrogénio, com zero emissões de CO2, e com a expetativa de os colocar em serviço em 2035.

“Esperamos desempenhar um papel de liderança na transição mais importante que a nossa indústria verá”, afirmou em comunicado Guillaume Faury, presidente executivo da Airbus. O motor de hidrogénio não vai emitir poluentes, produzindo apenas vapor de água.

O primeiro é um turborreator, com 120 a 200 passageiros e uma autonomia de mais de 3.500 km, movido por uma turbina de gás com hidrogénio, armazenado em tanques localizados na parte traseira da fuselagem.

Já o segundo é um avião de alcance regional turboélice (de hélice) que pode levar até 100 passageiros a uma distância de 1.800 km.

O terceiro conceito é uma asa voadora com uma capacidade e autonomia semelhantes ao conceito do turborreator.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui