Parceiros
AtualidadeSetúbal

Agricultores de Setúbal pedem mais apoios para a situação de seca 

- publicidade -

A Associação de Agricultores do Distrito de Setúbal (AADS) defendeu esta quarta-feia a necessidade de “mais apoios” para os pequenos agricultores da Península de Setúbal.


“Se não chover rapidamente e se não houver mais apoios do Governo, o mais provável é que muitos pequenos e médios agricultores, incluindo alguns jovens agricultores, acabem por abandonar o setor”, disse à agência Lusa o diretor da AADS, Edgar Pereira.

“Estamos muito preocupados, porque, num universo de cerca de cinco mil agricultores que se dedicam à produção de produtos hortícolas e frutícolas, principalmente nos concelhos de Palmela, Montijo e Setúbal há muitos pequenos agricultores que não conseguem suportar os efeitos da seca”, disse o responsável.


Os agricultores estarão a recorrer a “furos de captação de água, porque não chove”, mas “têm também de suportar os aumentos que se têm verificado em diversos fatores de produção, designadamente dos adubos, da eletricidade e dos combustíveis”.


O diretor da AADS salientou ainda que esse aumento dos custos não se reflete no preço de venda, porque os agricultores não conseguem vender os seus produtos refletindo esses encargos adicionais.
Apesar da seca, os problemas dos agricultores da região não se devem apenas à falta de chuva nos últimos meses.


Edgar Pereira considerou, no entanto, que os apoios disponíveis e outros já anunciados pela ministra da Agricultura, mas ainda não aprovados, “podem não ser suficientes”.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário