Parceiros
Cantinho da BicharadaDestaqueJustiçaMontijo

AFONSOEIRO – Comércio ilegal de repteis leva GNR a investigar

O que poderia ser uma simples moradia virou quase um jardim zoológico de répteis numa habitação localizada no Afonsoeiro, Montijo. Elementos da GNR apreenderam vários répteis, desmantelando assim um negócio ilegal

 Um arguido é o balanço de uma operação de investigação criminal levado a cabo pelo Núcleo de Investigação de Crimes e Contraordenações Ambientais (NICCOA) de Setúbal da GNR. A operação decorreu ontem (7) com uma busca domiciliária a uma habitação localizada na zona do Afonsoeiro, Montijo.

Durante essa busca os militares da GNR envolvidos em toda a operação depararam-se com um número elevado de cobras de várias espécies, nomeadamente, cobras constritoras de grande porte e cobras venenosas.

Das espécies apreendidas todas elas estão protegidas ao abrigo da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e da Flora Selvagem Ameaçadas por Extinção. Os militares apreenderam 12 Pitons Reais, cinco Cobras Rei, Quatro Cobras do Milho, três Dragões Barbudos, dois Piton Tapete entre várias espécies que estariam em cativeiro para serem comercializados na rede ilegal de tráfico de espécies protegidas.

Segundo nota enviada pela GNR, o detentor foi constituído arguido e com a medida de coação de termo e identidade e residência. As espécies apreendidas foram entregues às autoridades competentes da natureza.

A ação contou com a presença de elemento da Unidade Especial CITES e do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas.

 



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.