Parceiros
AtualidadeLisboaMontijo

Aeroporto no Montijo pode não avançar após ‘quebra de tráfego aéreo’

- publicidade -

A quebra no tráfego aéreo durante a pandemia levou o Governo a repensar a solução de um novo aeroporto na Base Aérea n.º 6 no Montijo para complementar o Aeroporto Humberto Delgado em Lisboa.

No Orçamento de Estado entregue esta quarta-feira no Parlamento, o Governo anuncia que está novamente a estudar outras alternativas ao Montijo, que não colhe o apoio de todas as entidades, sobretudo devido às questões ambientais e retoma Alcochete como hipótese.

O documento foi entregue esta quarta-feira e refere que «a pandemia teve como consequência uma crise sem precedentes no setor da aviação, com uma quebra no tráfego aéreo para níveis históricos, com uma redução, face a 2019, de 60% em movimentos e 70% em passageiros».

Após esta avaliação, a ponderação de que «a solução dual composta pelo Aeroporto Humberto Delgado e o novo Aeroporto do Montijo deixou de ter a mesma pressão que sentia face a um crescimento galopante da procura, dando a oportunidade de estudar cenários de melhoria do projeto da Ampliação da Capacidade Aeroportuária de Lisboa».

Por esse motivo o Governo decidiu que será realizada uma Avaliação Ambiental Estratégica (AAE) para estudar qual a melhor solução para a ampliação da capacidade do aeroporto de Lisboa «em termos ambientais, técnicos, económicos e financeiros».

Em cima da mesa estão três opções: manter o Aeroporto Humberto Delgado como principal, tendo o Aeroporto do Montijo como complementar; construir um aeroporto principal no Montijo, ficando o Aeroporto Humberto Delgado como complementar; ou construir um Aeroporto no Campo de Tiro de Alcochete.

«Em 2022, o Governo dará prioridade ao processo de AAE, através do concurso público internacional, coordenando todos os trabalhos e entidades para obter um relatório isento e completo, de modo a tomar a decisão sobre o projeto de Ampliação da Capacidade Aeroportuária de Lisboa», refere a proposta do OE2022.

«A AAE será um documento de apoio à decisão do Governo, onde se vão analisar alternativas compatíveis com os objetivos traçados segundo fatores críticos de decisão, de maneira a propor a melhor solução.»


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário