País

AEROPORTO – António Costa considera decisão em vias de ser ‘irreversível’

O primeiro-ministro António Costa aguarda apenas o estudo de impacte ambiental para a solução Portela + Montijo se tornar ‘irreversível’, considerando que «há consenso nacional sobre este projeto e que não há tempo a perder».

A posição foi assumida pelo primeiro-ministro esta quinta-feira durante a abertura da IV Cimeira do Turismo Português, que decorreu em Lisboa, e no seu discurso referiu que «não há outra solução que não seja a do Portela + Montijo e muito brevemente estarão concluídas as negociações com a ANA» (Lusa).

Na sua intervenção, respondeu também à principal reivindicação feita pelo presidente da Confederação do Turismo de Portugal, Francisco Calheiros, sobre a necessidade de ampliar a oferta aeroportuária da Grande Lisboa.

«Temos de corrigir hoje o erro que foi cometido há dez anos de a tempo e horas não termos feito o aeroporto que já então necessitávamos. Há cerca de um ano o Governo assinou com os novos proprietários da ANA um acordo para definir uma opção estratégica fundamental, que está definida: Manter na Portela o Aeroporto Humberto Delgado e crescermos com um novo aeroporto no Montijo.»



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.