AtualidadePaís

Adriana Oliveira é a primeira mulher mergulhadora da Marinha

Adriana Oliveira tornou-se esta sexta-feira a primeira mulher militar a concluir o exigente curso para a classe de Mergulhadores da Marinha.

​A primeiro-grumete Adriana Aquino de Oliveira tem 24 anos de idade, é natural de Vila do Conde e é licenciada em Ciências do Mar, pela Universidade dos Açores.

Segundo comunicado da Marinha, «aApós o ingresso os militares, que concluem agora o curso de especialização, fizeram a recruta e após a qual juraram Bandeira, a 3 de julho de 2020.  Seguiu-se a exigente fase do curso para especialização da sua classe. Mais de um ano depois, os 10 militares, onde se inclui a primeiro-grumete Adriana Oliveira, concluem com aproveitamento o curso que lhes garante o ingresso na classe de Mergulhador».

Os Mergulhadores constituem a componente operacional da Marinha na área do mergulho militar e inativação de engenhos explosivos, através do emprego de equipas altamente especializadas que operam num largo espectro de missões, tanto em tempo de paz, como em tempo de guerra.



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.