Atualidade

Acidente entre carro do MAI e operário: Brisa diz que os trabalhos estavam sinalizados

A Brisa desmentiu o comunicado do Ministério da Administração Interna e diz que os trabalhos estavam devidamente sinalizados.

- publicidade -

A Brisa desmentiu o comunicado do Ministério da Administração Interna e diz que os trabalhos estavam devidamente sinalizados no dia em que o carro que transportava Eduardo Cabrita atropelou mortalmente um operário na A6.

A informação foi avançada pela SIC. Recorde-se que o MAI, após o acidente, informou que o trabalhador tinha sido atropelado por atravessar a pé a autoestrada e que não existia qualquer sinalização dos trabalhos na via. No entanto a Brisa, responsável pela manutenção da estrada e que contratou a empresa Arquijardim para prestar serviços (onde trabalhava a vítima), afirma que estavam a decorrer limpezas na valeta fora da plataforma da autoestrada, e que esses trabalhos estavam devidamente sinalizados, cumprindo todas as regras de segurança.

A vítima mortal foi Nuno Santos, de 43 anos. Deixou duas filhas menores


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *