DestaqueSetúbal

Acesso às praias da Arrábida volta a estar interdito a carros neste verão

O programa "Arrábida Sem Carros e em Segurança" está de volta em 2021 para minimizar os constrangimentos viários.

- publicidade -

O programa “Arrábida Sem Carros e em Segurança” está de volta em 2021 para minimizar os constrangimentos viários sentidos durante a época balnear no acesso às praias, devido ao estacionamento abusivo e desrespeito pela sinalização.

A Câmara Municipal de Setúbal refere que o programa está inserido na “Estratégia Municipal para uma Mobilidade Segura e Sustentável para todos nas zonas balneares de Setúbal – Época Balnear 2021”. O plano, em vigor entre 10 de junho e 15 de setembro, contempla ações como a implementação de um serviço de transporte público de qualidade e atrativo, a melhoria dos acessos em modos suaves, a criação de parques de estacionamento de rebatimento, a limitação do uso de transporte individual e a implementação de um sistema de gestão dinâmica de ligação às praias”.

A principal medida com vista ao reforço da segurança rodoviária e acessibilidades “é manter a proibição diária de circulação de automóveis, nos dois sentidos de trânsito, no período compreendido entre as 08h00 e as 20h00, entre os parques de estacionamento das praias da Figueirinha e do Creiro. Entre as 08h00 e as 19h00, mantém-se interdito, também, o troço que conduz ao Portinho da Arrábida, a partir do cruzamento de acesso.

A circulação rodoviária está também condicionada no acesso à Praia de Albarquel entre as 08h00 e as 20h00. A circulação nos troços com restrição de trânsito é autorizada a veículos de duas rodas, transportes públicos regulares, táxis e similares, autoridades e viaturas de emergência.

Há ainda o caso dos residentes, comerciantes e concessionários, que podem requerer cartões de acesso por requerimento disponibilizado na página do município ou pelo endereço de correio eletrónico [email protected]“, pode ler-se na nota.

Transportes públicos

O programa inclui um reforço dos transportes públicos e a criação de parques de estacionamento de retaguarda, no sentido de dar continuidade à aposta de deslocação de pessoas para as praias em carreiras de autocarros a partir da cidade de Setúbal e de Azeitão.

Em comunicado, a Câmara Municipal indica que “a carreira 723 Setúbal (Terminal da Várzea) – Praia da Figueirinha, que permite ligação à rede urbana e suburbana de Setúbal, bem como às carreiras rápidas provenientes de Sete Rios e Gare do Oriente e ainda o fluxo proveniente dos serviços da Rede Expresso e Rodoviária do Alentejo, tem uma frequência regular de 15 em 15 minutos.

De 10 a 30 de junho, nos dias úteis, a frequência será de 30 em 30 minutos. Esta carreira, que abrange as avenidas de Moçambique, Dr. Rodrigues Manito e 22 de Dezembro, tem tarifa de bordo a 4,20 euros (ida e volta). A primeira partida de Setúbal é às 08h30 e a última saída da praia é às 20h00.

O serviço vaivém 722 Estacionamento da Secil – Creiro, com paragens intermédias na Figueirinha, em Galapos em Galapinhos, realiza-se de 15 em 15 minutos, sendo a primeira saída do parque efetuada às 08h30 e a última saída do Creiro às 19h30.

As tarifas de bordo (ida e volta) custam 2 euros para a totalidade do percurso, mas o trajeto até à Figueirinha tem o custo de apenas 1 euro”. A partir do dia 3 de julho “entram em funcionamento mais carreiras, designadamente a 725 Setúbal (Alegro) – Praia da Figueirinha e a 727 Brejos de Azeitão – Creiro.

No caso da carreira 725, que liga o Alegro Setúbal e a Praia da Figueirinha a qual também serve algumas bolsas de estacionamento localizadas ao longo do percurso, tem uma frequência de 30 em 30 minutos. A primeira partida do centro comercial realiza-se às 09h20 e a última saída da praia às 19h50. A tarifa de bordo (ida e volta) tem o valor de 4,20 euros.

A carreira 726 – Setúbal (Casa da Baía) – Praia de Albarquel, a efetuar em regime de vaivém, serve toda a Avenida Luísa Todi. Ao longo do percurso possui algumas bolsas de estacionamento, permitindo ainda a ligação à Rede Urbana de Setúbal.

- publicidade -

Com uma frequência de 20 em 20 minutos, a primeira partida de Setúbal realiza-se às 09h00 e a última saída da praia é às 20h00. A tarifa de bordo (ida e volta) é de 1,40 euros”.

Já a 727, entre Brejos de Azeitão e Creiro, “é convertida em serviço de transporte flexível a pedido, ou seja, a realização só é possível por marcação prévia com uma antecedência de 24 horas, via e-mail ou telefone, com a indicação de dia, horas e ponto de recolha pretendidos.

Há duas partidas a partir de Brejoeira, às 08h30 e às 13h00, e duas saídas do Creiro, às 14h00 e às 19h30. A tarifa de bordo (ida e volta) é de 4,75 euros. Em virtude das obras de reformulação rodoviária na Praça do Brasil, concretamente a construção de uma rotunda, e da necessidade de contenção do número de pessoas no areal, não se realiza, este ano, a carreira 723-A Setúbal (Estação Ferroviária) – Praia da Figueirinha. O Passe Navegante é, nesta edição do programa municipal, válido nas carreiras 723 Setúbal (Terminal da Várzea) – Praia da Figueirinha e 725 Setúbal (Alegro) – Praia da Figueirinha”.

Parques de estacionamento

Vão ser disponibilizadas as bolsas existentes na Secil, Figueirinha, Creiro, Portinho da Arrábida e Albarquel. “O Parque de Estacionamento da Praia da Figueirinha, com lotação de 240 lugares, é tarifado de 1 de junho a 30 de setembro com um custo variável, dependendo do dia da semana e da época baixa – de 1 a 30 de junho e de 1 a 30 de setembro – ou alta – de 1 de julho a 31 de agosto.

Já o Parque do Creiro, gerido numa colaboração entre o município e a Associação da Baía de Setúbal, aplica-se a tarifa de ocupação diária de 4 euros, valor igual ao do ano passado e estabelecido pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas.

O parque da Secil mantém o mesmo sistema de gestão dos anos anteriores, enquanto o parqueamento automóvel do Portinho da Arrábida tem regulação local e conforme o número de lugares disponíveis a cada momento. O município adverte que a aposta no uso do transporte público depende da disciplina da circulação viária em transporte individual e, em particular, do estacionamento nas bermas, irregularidades sujeitas a coimas previstas na lei.

De acordo com os limites definidos pela Agência Portuguesa do Ambiente de ocupação máxima por zona balnear para se manter as regras do distanciamento social, o Portinho da Arrábida/Creiro apresenta uma capacidade potencial para 800 pessoas. Galapos e Galapinhos contam com uma ocupação máxima de, respetivamente, 400 e 300 pessoas.

Para a Praia da Figueirinha está definida uma capacidade potencial de ocupação para 1500 pessoas. Já na Praia de Albarquel/Maria Esguelha é de 700″, indica a autarquia.

Será ainda disponibilizado um sistema de trotinetes de acesso às praias.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui