DestaquePortalegre

A estátua de José Régio foi vandalizada

A estátua em homenagem ao poeta José Régio, presente na Praça da República na cidade alentejana, foi vandalizada

- publicidade -

O livro que a estátua do poeta José Régio, feio de mármore, segurava foi destruído. A estátua da autoria da escultora Maria Leal da Costa e José Luís Hinchado Morales em comemoração ao 50.º ano da morte de José Régio. A estátua está localizada entre a Casa Museu José Régio e o liceu, espaço ligado ao percurso diário do escritor.

José Régio, pseudónimo de José Maria dos Reis Pereira, foi professora e escritor. Nasceu em setembro de 1910 em Vila do Conde. Dos poemas mais conhecidos estão “Fado Português”, gravado por Amália Rodrigues, “Cântico negro” e “Toada de Portalegre”.

Foi professor mais de 30 anos no liceu de Portalegre. A cidade preserva a sua casa como um museu onde se pode visitar as coleções do poeta, escultura, pintura, mobiliário, metais, têxteis e a sua conhecia coleção de Cristos.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *