AlmadaDistritoDistrito Setúbal

publicidade

Os trabalhadores da Auto Sueco II Automóveis, em Almada, aderiram à greve, o que levou ao encerramento quase total da oficina, informou o Site Sul.

Na terça-feira, dia 16, primeiro dia de paralisação, das 14h00 às 1700, os trabalhadores concentraram-se no exterior das instalações, como forma de protesto contra a política discriminatória de aumentos salariais, numa empresa onde há 10  anos não foi aplicado qualquer aumento salarial para alguns trabalhadores.

Defendem ainda outras justas reivindicações, apresentadas à empresa num caderno reivindicativo. A par de aumentos salariais para todos os trabalhadores, sem discriminação, é exigida a melhoria das condições de Saúde e Segurança no Trabalho.

O sindicato destaca que esta empresa tem vindo a ter lucros há três anos consecutivos e a sucursal de Almada foi a que mais cresceu no último ano. Mas, para grande parte dos trabalhadores, tal crescimento não tem trazido qualquer melhoria salarial, o que é considerado uma grande injustiça para com aqueles que contribuíram activamente para os resultados positivos obtidos pela empresa.

A greve repetiu-se hoje, com adesão semelhante, mas os trabalhadores não se reuniram no exterior, devido ao mau tempo.

Estes dois períodos de greve foram decididos em plenário, a 27 de Março.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui