AtualidadeEconomia

850M€ não chegou para as despesas do Novo Banco

publicidade

António Ramalho, presidente da instituição bancária, adiantou ao Jornal de Negócios e Antena 1 que o Novo Banco já terá gasto os 850 milhões de euros que recebeu do Estado português e que o Novo Banco vai precisar de mais capital ainda este ano.

O Novo Banco vai uma vez mais ativar o Fundo de Resolução e o montante a ser pedido dentro do último empréstimo concedido pelo Governo e o então ministro das Finanças.

António Ramalho disse que “é inevitável que se tenha de fazer mais alguma coisa. Infelizmente, sem Covid, eu esperava que o nível de autofinanciamento fosse maior. Vai ser, com certeza, como já foi dito pelo presidente do Fundo de Resolução, previsivelmente menos forte”.

O Novo Banco coloca a culpa na crise financeira que a Covid-19 trouxe para o mercado bancário, sendo que o banco ainda tem disponíveis 912 milhões de euros no Mecanismo de Capital Contingente para a recapitalização da instituição que vai até 2026, isto quer dizer que o Novo Banco já pediu perto de 2,9 mil milhões de euros ao Fundo de Resolução mas ainda poderá pedir mais, pois tem um total de 3,89 mil milhões, no âmbito desse mesmo mecanismo de capital contingente.

Dentro dos próximos dias irá chegar ao Governo o pedido de um novo pedido de ajuda por parte do Novo Banco.

 

Ler mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui