Parceiros
Economia

60 euros de apoio para famílias carenciadas

A medida de Governo pretende conseguir responder à subida de preços de bens de primeira necessidade e vai abranger um potencial de 1,4 milhões de beneficiários.

- publicidade -

Com a escalada de guerra da Rússia contra a Ucrânia, os preços de bens de primeira necessidade aumentaram e a próxima semana promete aumentar o setor das carnes. O Estado para combater esse aumento, vai apoiar com 60 euros as famílias mais carenciadas.

O apoio pretende limitar o impacto da escalada de preços nos alimentos e nos bens de primeira necessidade, como confirmou esta quinta-feira o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

A medida de apoio foi aprovada em Conselho de Ministros que reuniram na Ajuda esta quarta-feira, medida essa que prevê o pagamento de 60 euros numa única prestação a ser paga em abril, fonte avançada à agência Lusa pelo Governo.

Este apoio será dado a famílias que sejam abrangidas pela tarifa social da eletricidade, mas o Governo não avançou o número em concreto sobre a quantidade de pessoas que vão ser beneficiadas. Avançou que o apoio pode chegar a 1,4 milhões de beneficiários, mas nada ainda está decidido.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário