500 trabalhadores do distrito de Setúbal foram despedidos nos últimos dias

Desde o começo da pandemia do Covid-19 em Portugal que as empresas começaram as despedir trabalhadores temporários em todo o distrito.

0
3747
Tempo de Leitura: < 1 minuto

Depois do anúncio da pandemia do Covid-19 e do Estado de Emergência ter sido anunciado, as empresas começaram a ter problemas de caixa. Segundo uma fonte da União de Sindicatos, adiantou ao Diário do Distrito que “nas últimas semanas no distrito de Setúbal houve 500 despedimentos a trabalhadores temporários”, pois são trabalhadores de primeira linha e que são dispensados logo nas primeiras dificuldades como aquela que se faz sentir atualmente nas maioria das empresas.

A União de Sindicatos referiu que não existe necessidade para as empresas procederem logo aos despedimentos, pois o Governo português avançou com alguns apoios às empresas que entraram já em vigor, como a exemplo disso os layoffs ou mesmo a ajuda por parte da Segurança Social, apresentando requerimento à SS a pedir ajuda para pagamento de salários.

Mas para o sindicato é mais fácil para as empresas procederem ao despedimento e neste caso iniciando pelos trabalhadores temporários.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome