Atualidade

Imagens mostram consequências do desabamento no Metro de Lisboa

publicidade

Algumas imagens têm vindo a ser divulgadas que mostram o buraco causado no tecto da linha Azul, do Metropolitano de Lisboa e o material que caiu sobre a linha.

Quatro pessoas sofreram ferimentos ligeiros na sequência da queda de parte da laje sobre as carruagens, na estação da Praça de Espanha, na tarde desta terça-feira.

O incidente levou a que cerca de 300 pessoas, que se encontravam na estação, tivessem sido retiradas do local com ajuda das autoridades.

O alerta às autoridades foi dado por volta das 14h30 e para o local deslocaram-se vários operacionais do INEM, PSP e dos Bombeiros Sapadores de Lisboa. Foi montado um perímetro de segurança e interrompida a circulação na Linha Azul do metro.

Por volta das 16h15 parte do troço da circulação na linha foi retomado, sendo que a estação da Praça de Espanha permanecerá encerrada entre um a dois dias.

A circulação da Linha Azul vai agora ser feita entre a Reboleira e as Laranjeiras e do Marquês de Pombal até Santa Apolónia, com a Carris a assegurar o transporte alternativo na zona afetada.

Há alguns minutos a empresa publicou nova informação nas redes sociais, onde refere que «a circulação de comboios na Linha Azul encontra-se interrompida entre as estações do Marquês de Pombal e Laranjeiras» recomendando aos utilizadores que usam as estações de Parque, S. Sebastião, Praça de Espanha ou Jardim Zoológico, para «procurar outras soluções de mobilidade».

De acordo com declarações prestadas por Carlos Castro, vereador da Proteção Civil da Câmara Municipal de Lisboa, citado pela Lusa, ao que tudo indica o incidente deveu-se a “um erro técnico” decorrente das obras que estão a ser realizadas na Praça de Espanha.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui