Atualidade

3200 pedófilos na Igreja Católica Francesa violaram 216 mil menores

- publicidade -

A Comissão Nacional de Investigação da Criminalidade Pedófila investigou durante dois anos e meio a Igreja em França e concluiu que, desde 1950, existiram “entre 2900 e 3200 criminosos pedófilos”.

O número de vítimas final foi de 216 mil menores, mas o número deve ser 30 vezes maior do que a estimativa inicial.

A investigação analisou documentos da igreja, polícia, jornais e tribunais, mas o número de vítimas dispara se se contabilizarem “agressores leigos que trabalham em instituições da Igreja Católica”, tais como, nas capelanias, professores nas escolas católicas ou em movimentos juvenis, afirmou o presidente da Comissão Independente sobre os Abusos da Igreja (Ciase), Jean-Marc Sauvé, durante a apresentação do relatório à imprensa.

A CNN admite que as crianças eram mais propensas a sofrer abusos dentro da Igreja Católica, do que em qualquer ambiente não familiar ou em escolas públicas.
A investigação conclui ainda que “quando informada dos abusos”, a igreja “não tomou medidas” para proteção dos menores.
A Igreja Católica Francesa não quis comentar o relatório.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo