200 crianças infetadas em campo de férias onde o uso da máscara não era obrigatório

Os testes foram feitos a mais de 260 pessoas e os resultados deram positivo à Covid-19. O campo de férias foi encerrados depois de ter sido detetado o primeiro caso.

@Direitos Reservados
publicidade
Tempo de Leitura: < 1 minuto

São mais de 200 crianças que estão infetadas com o novo coronavírus depois de terem passado por um campo de férias no estado da Georgia, nos EUA. No total, 260 pessoas, das mais de 500 crianças, adolescentes e funcionários que testaram positivo ao Covid-19, num espaço onde o uso da máscara não era obrigatório, mesmo em atividades dentro das instalações do campo.

O Centro para o Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) criticou fortemente a atitude dos responsáveis e diz que o exemplo de má prática colocou a vida dos jovens e dos funcionários em perigo constante e que agora o desfecho são crianças estarem infetadas com a Covid-19.

Tudo terá acontecido na atividade entre 21 e 27 de junho, depois de um monitor adolescente ter apresentado sintomas do novo coronavírus e o teste ter dado positivo.

Este foi o primeiro caso que levou o espaço a encerrar portas, mas já era tarde.

 

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome