Parceiros
Setúbal

SETÚBAL – Cidadãos promovem marcha silenciosa contra dragagens

Um grupo de cidadãos convocou uma marcha silenciosa para este sábado em Setúbal, a partir das 15h30, com início no Livramento até ao Largo do Bocage, em protesto contra as dragagens que vão ser realizadas no rio sado, conforme o Diário do Distrito noticiou.

A marcha foi convocada através do grupo do Facebook «Arrábida de Luto», e os organizadores solicitam aos participantes que usem peças de vestuário negras ‘porque estaremos todos de luto’.

A marcha contará apenas com uma faixa, com os dizeres ‘Onde existe um rio azul igual ao meu’ e nela vão também participar elementos da Quercus, associação ambientalista que tem constado o impacto ambiental das dragagens no rio Sado.

 

Clube da Arrábida entregou providência cautelar

 

O Clube da Arrábida entregou hoje no Tribunal Administrativo e Fiscal de Almada uma providência cautelar para travar as dragagens para alargamento e aprofundamento do canal de navegação e ampliação do porto de Setúbal.

Segundo um comunicado do Clube da Arrábida à Lusa, as obras em causa, que ascendem a cerca de 25 milhões de euros, vão retirar 6,5 milhões de metros cúbicos de areia do fundo do estuário do Sado, situação que poderá ter muitos “impactos negativos”.

O Clube da Arrábida sustenta que as dragagens no estuário do Sado até podem, eventualmente, tornar o porto de Setúbal mais rico, como defende a Declaração de Impacto Ambiental da APA, «mas tornam Setúbal, e a Arrábida em especial, as suas populações e as suas riquezas naturais ímpares muito mais pobres.

 



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.